Florianópolis

Não é à toa que Florianópolis é chamada de Ilha da Magia. Um dos maiores atributos da cidade é conseguir reunir uma bela natureza e patrimônios históricos, além de toda a infraestrutura de metrópole

Em pouco mais de 435 quilômetros quadrados, a cidade abriga diversas praias paradisíacas, ideais para quem busca um lugar para relaxar durante as férias. Mas há opções para todos os gostos: a cidade também possui dunas, sítios arqueológicos, lagoas, espaços para trilhas, em meio a resquícios de Mata Atlântica, e gastronomia de alta qualidade. A praia é o principal chamariz da cidade; seu território conta com mais de cem opções. E toda a grande quantidade de praias também se reflete em sua diversidade, por isso cada região é conhecida por ter um perfil de turistas diferentes. A parte Leste, onde ficam Joaquina e Mole, é extremamente famosa por ser área ideal para surfistas e ter um clima de muita paquera. A região Norte, por sua vez, é ideal para quem busca locais com águas mais calmas e clima mais relaxante. A região é muito procurada por famílias e estrangeiros, principalmente argentinos. A região Sul dá lugar às praias mais vazias e com clima rústico, além da intocada Lagoinha do Leste.

Apesar de o surfe ser um esporte muito famoso na cidade, há espaço para outros gêneros esportivos na ilha. A cidade incentiva a prática de atividades físicas, não apenas dentro d'água, como também fora, em modalidades como o kitesurf, sandboard, trekking, wind e parapente. No que se refere à mobilidade urbana, Floripa conta com ótima cobertura e o visitante pode encontrar informações úteis através do MobFloripa, que informa itinerários, paradas e valores, entre outros. Locais como Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha guardam importantes características da arquitetura portuguesa, que pode ser conferida, como uma marca registrada da imigração; além de um artesanato especializado em renda e cerâmica. A gastronomia típica da região faz uso de todo o potencial que o mar oferece. Por isso, a especialidade dos principais restaurantes são os frutos do mar, principalmente os que ficam espalhados sobre a Lagoa da Conceição, na região central. Essa região também conta com grande diversidade de bares, cafés e boates, criando uma vida noturna fervilhante. O local também é cartão-postal da cidade e repleto de construções antigas.

Os morros que emolduram a cidade criam mirantes, que proporcionam vistas da cidade de tirar o fôlego e evidenciam a geografia do local. O Morro da Cruz é o mais visitado e possui fácil acesso por ônibus. Um dos programas mais imperdíveis pode ser feito para ver o por do sol a partir do morro. Através do Morro da Lagoa, por sua vez, é possível apreciar outras áreas da cidade, como a Barra da Lagoa e Lagoa da Conceição. O Centro Histórico da cidade reserva muita história através das arquiteturas em casarios coloniais e compras de artesanato na Casa da Alfândega e petiscos típicos da região no Mercado Público Municipal. As coloridas construções da região oferecem referência clara à imigração açoriana. Ainda para entrar em contato com a história da região, o passeio de escuna pelas fortalezas e ilhas vale a pena. Os passeios em fortalezas como o Forte de Santa Cruz de Anhatomirim contam com canhões contrapostos com a bela visão da cidade, capelas e construções imponentes.

Não dá para deixar de visitar a Ponte Hercílio Luz, cartão-portal máximo da cidade. A partir da Avenida Beira Mar, local muito procurado para caminhadas e corridas, principalmente durante o belíssimo por do sol, é possível ter uma vista generosa da ponte, iluminada todas as noites. Nos arredores da avenida é possível aproveitar uma grande variedade de bares e restaurantes. A ponte, por sua vez, não pode ser visitada por carros ou pedestres, mas se tornou Patrimônio Histórico e Artístico, tendo sido tombada. Para completar, é uma das maiores construções de seu tipo, em todo o mundo.

A Ilha da Magia esconde encantos em cada esquina e brinda seus visitantes com belas paisagens, morros, praias, natureza e muita agitação.